segunda-feira, 31 de maio de 2010

Tabela

Se com um bebê já é difícil controlar mamadas e cocôs, imaginem com 3!!!
Então, uma preocupação que eu tinha era como fazer os controles de mamadas, cocô, ferro e vitaminas!
Pedi ajuda na comunidade dos trigêmeos e aproveitei um pouco de cada e montei minha própria tabela!
Queria algo bem prático, que fosse necessário apenas marcar X! Consegui e está funcionando super bem!
Só para explicar as mamadas: sempre dou peito e complemento para dois e o terceiro ganha só mamadeira e aí faço o rodízio. Aquele que mama no peito direito, na próxima mamada irá para o esquerdo e na próxima para a mamadeira! Marco com um X o que mamaram, bem como a quantidade de complemento.
Também anoto os horários dos cocôs e faço um X assim que tomam o protovit e o ferro.

Segue o modelinho com a legenda:

D - peito direito
E - peito esquerdo
M - mamadeira
C - quantidade do complemento

Ajuda da vovó Camila

Não sei o que seria de todos nós sem a ajuda da minha mãe, a super vovó Camila!!!!
Bem, a ajuda já começou antes mesmo do trio nascer.
Quando começou meu repouso e eu ainda estava em Canela, ela me ajudava com tudo, desde coisas com a casa, como com os preparativos para a chegada do Mathias, da Carolina e do Guilherme!
Foi ela quem lavou e passou a maioria das roupinhas dos pimpolhos e me ajudou a arrumar tudo por aqui!
Quando fomos para Porto Alegre, no dia 18 de janeiro, ela foi comigo, e abriu mão de tudo aqui em Canela para ficar comigo o tempo que fosse necessário!
Vocês imaginam... quem faria isso??? Só minha mãe mesmo!!!! E meu pai sempre deu a maior força, e jamais reclamou dela não estar em casa durante a semana (ela ficava comigo durante a semana e aos finais de semana o Marcelo ia para Porto Alegre, e de 15 em 15 dias, meu pai ia para lá)!
Na noite que a bolsa rompeu, minha mãe estava comigo e me deixou super tranquila!! Se ela não estivesse junto, também não sei como seria!
Durante os 5 dias anteriores ao nascimento da turma, ela ficou direto comigo no hospital, me ajudando com tudo, afinal de contas não podia levantar para nada!!!
Foram dias muito bons, pois ela é uma pessoa super positiva e que deixa qualquer um em alto astral!!
No dia que eles nasceram, senti muita falta dela no momento do nascimento, mas os médicos não deixaram que ela entrasse na sala de parto!!
Mas logo que fui para a sala de recuperação ela chegou e já ficou comigo de novo!!
No hospital, depois do nascimento, também era ela quem dormia comigo!! Nos divertíamos muito jogando canastra na cama do hospital!!!
Durante os 70 dias do hospital das crianças, ela me acompanhou o tempo todo!
Ia de manhã comigo para o hospital, me ajudava a tirar leite (aliás, se não fosse a ajuda dela no aleitamento, duvido muito que tivesse leite hoje!), conversávamos muito (foi um período muito legal, pois tivemos a oportunidade de conversar sobre assuntos que jamais tínhamos falado! Tu sabe disso né mãe!!), ríamos muito, ela se preocupava muito com minha alimentação, e tudo que jamais se imagina que alguém possa fazer!! Mas da minha mãe não poderia esperar nada diferente!!! Quem conhece ela, sabe muito bem o que estou falando!!
Ela é um exemplo a ser seguido!!
O dia que ela pôde conhecer o trio pela primeira vez, foi emocionante! Tanto para ela, como para mim!
E quando o Mathias, a Carolina e o Guilherme saíram do hospital, a ajuda continuou!!
Primeiro, resolvemos, junto com meu pai, que não contrataríamos alguém para ajudar com as crianças, pois nesse início era muito importante que nós cuidássemos deles!!
Então, naqueles primeiros 10 dias em Porto Alegre, com exceção do final de semana que o Marcelo e meu pai estavam lá e ajudaram também, minha mãe e eu que demos conta do recado!!!
Nós duas cuidamos deles e minha mãe foi fundamental para me ajudar e me ensinar muita coisa!!! Isso ela tem feito até hoje!
Quando o trio saiu da Neo, eram um reloginho, mamando de 3 em 3 horas (hoje já está bem diferente!!), então a função com eles era grande!!
Minha mãe nunca demonstrou cansaço e estava sempre disposta para tudo! E continua assim até hoje!
Quando chegamos em Canela, ela praticamente se mudou para minha casa - aliás, a primeira coisa que ficou pronta aqui foi o quarto para ela e meu pai!
Fica aqui em casa direto, durante o dia e quase todas as noites, com exceção de 2, no máximo 3 noites por semana!
Abriu mão de tudo para me ajudar e isso não tem preço!!! E também não existem palavras para agradecer tudo que ela tem feito por todos nós!!!
Meu pai dorme aqui aos sábado, quando ele e minha mãe assumem o trio, e o Marcelo e eu temos uma noite off!!
As crianças amam a vovó Camila!! Dá para ver na forma como eles olham para ela!!
Então, só temos a agradecer a esta pessoa tão especial na minha vida e na vida do Mathias, da Carol e do Gui!
Obrigada mãe!!!

Primeira vez que a vovó pegou o trio juntinho

Outra foto com a vovó Camila

Com o vovô Zeca e vovó Camila

Saída da Neo

Uauuuuuu!
Chegou o tão esperado dia!!!!! 10 de abril de 2010!!!
Depois de 70 dias fomos embora!!!!
Não via a hora de ver meus bebês sem fios (do saturômetro que, confesso, queria alugar e levar para casa!!!) e tocar neles sem luvas!!!!
Não voltamos direto para Canela, pois achamos melhor ficar uns 10 dias em Porto Alegre, para que eu ficasse mais segura! Também tínhamos consulta com o neonatologista, oftalmologista e cirurgiã pediátrica durante a semana!
Então achamos melhor ficarmos mais uns dias, o que foi ótimo!!
Mas algumas coisas devem ser ditas: em momento algum achei ruim estar na Neo, porque sabia que o Mathias, a Carol e o Gui precisavam estar lá e estavam muito bem cuidados!
Nenhuma noite, quando fui embora, fiquei preocupada, pois sabia que eles estavam super bem cuidados!!
Foram 70 dias que passaram muito rápido (acreditem se quiserem!!) e que pareceram passar devagar apenas nos últimos 10 dias!!
Quando o trio nasceu, a previsão dada pelos neonatologistas era de aproximadamente 90 dias de internação (há inclusive um estudo feito pela equipe da Neo sobre a média de permanência, e era de aproximadamente 100 dias, levando em conta a idade gestacional e peso das crianças), mas os pequenos surpreenderam e saíram 20 dias antes do previsto!
Os passos dados sempre foram para frente, e não alguns para trás como geralmente acontece!
As pessoas abençoadas que cuidaram do Mathias, da Carol e do Gui são muito especiais e jamais serão esquecidas por nós!!!
Estávamos loucos para ir embora, mas senti (e ainda sinto) muitas saudades das pessoas que lá trabalham e dedicam suas vidas a esta maravilhosa profissão!
O amor que tinham pelo bebês era impressionante! E os bebês também criaram vínculos!
Tenho certeza que se ouvirem as vozes das gurias, irão reconhecer e darão um sorrisão para elas!!!
Só tenho a agradecer a todos por tudo que fizeram por nós!!!
Sinto muitas saudades de vocês!!
Na saída, estava muito emocionada e não pude conter minha emoção nenhum segundo!! Desde o momento que cheguei na Neo naquele sábado, dia 10 de abril, até o momento que fomos embora!
Depois de termos as instruções da Dra. Mariana (neonatologista) e de me despedir de todos, inclusive do meu obstetra, Dr. Gustavo, que acompanhou o trio de perto por todos os dias de CTI, e foi se despedir, o trio saiu em seus bebês-conforto (que já estavam a tempo em Porto Alegre esperando a saída). Como eram 3, a minha mãe subiu até a Neo e levou o bebê-conforto do Mathias!
Foi muito engraçado, pois nos corredores do hospital todos olhavam e o trio fez o maior sucesso (isso vai ser outro tópico)!!
Ao chegarmos no saguão do hospital, fiquei muito feliz, pois toda minha família estava nos esperando: minha irmã Paula (que mora em POA) que estava com uns balões lindos nos esperando, e minha irmã Luiza e meu irmão Eduardo, que moram em São Paulo e foram para Porto Alegre só para a saída do trio!
Me abracei no meu pai e chorei pela primeira vez com ele!!! "Acabou!" Foi só o que eu disse!!
Tínhamos vencido mais uma etapa!!! E que vitória!!!
Agora tínhamos o Mathias, a Carolina e o Guilherme juntos de todos nós!!!

Olhem o link do hospital que tem as fotinhos do trio no dia que fomos embora!
http://www.hospitalmoinhos.org.br/content/facilidades_online/album_bebe.aspx?nome=Giovana+Wouters+Fuelber

Equipe (parte) da Neo


Juntinhos ainda na Neo


Despedida


Saindo com vovó Camila, papai e mamãe


No saguão do hospital - o trio fazendo sucesso


Mathias


Carolina


Guilherme


Em casa (Porto Alegre) dormindo juntinhos

sábado, 29 de maio de 2010

Mamadeiras

A última etapa a ser vencida na Neo são as mamadeiras!!
No caso do trio, era obrigatório saberem mamar na mamadeira, pois, embora eu tenha bastante leite, não é o suficiente para os três.
Então eles mamam no peito e depois ainda complementam com mamadeira!
Na Neo, a estréia da mamadeira dos 3 foi no mesmo dia: 02 de abril.
Estava com medo que eles gostassem da mamadeira, achassem mais fácil e desistissem do peito!
Mas a Dra. Rosa (neonatologista) pediu que eu comprasse um bico de mamadeira para prematuro (com um micro furo), dai ficaria igual ao peito!
E deu certo!
Os 3 continuaram mamando bem no peito!
Depois passaram a usar o bico para água e chá da NUK (também ficava difícil) e agora já usam o para leite da NUK também!!!
Todos mamam no peito e mamadeira, mas preferem o peito!!! Ebaaaaaa
Olhem as fotinhos da primeira "dedê"

Mathias

Carolina

Guilherme

Acompanhamento oftalmológico

Na Neo, as crianças tiveram diversos acompanhamentos, entre eles, o oftalmológico.
Estou postando isso, porque fiquei sabendo que em diversos CTIs Neonatal, esse acompanhamento não é feito, embora seja muito importante!! Então, caso seus(s) bebê(s) tiverem que ir para a Neo, peçam que este acompanhamento seja realizado!
Desde o primeiro mês de vida, o Mathias, a Carolina e o Guilherme faziam exame de 2 em duas semanas para ver como estava a formação da retina!
Isso é muito importante, porque como os bebês prematuros, muitas vezes precisam de um oxigênio a mais dentro da incubadora (cheirinho), poderá haver lesão na retina, que poderá causar inclusive cegueira.
O trio sempre esteve com o oxigênio em 21% (excepcionalmente chegava em 27%), mas mesmo assim pode haver lesão, porque a retina ainda não está formada.
O acompanhamento foi feito durante todo o período de internação e, após a alta, fomos à oftalmologista duas vezes (até as 42 semanas - quando a retina já está madura), para ver como estava tudo!
A retina do Mathias e da Carol já está 100% formada e do Gui falta menos de 1%!!
Uma beleza!!!
Mais uma etapa vencida por esses pequenos guerreiros!!!

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Segundo Mesversário

31 de março!
No mesmo dia da visita da vovó Camila, o trio estava completando 2 meses de vida!
Mais uma vez levamos negrinhos que a vovó Camila fez e as titias e titios da Neo amaram!! Não sobrou um para contar a história!!!
Vejam como eles cresceram!!

Mathias


Carolina


Guilherme

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Visita dos avós

As visitas de avós e outros familiares não são autorizadas no CTI Neo do Hospital Moinhos de Vento.
Já os pais tem trânsito livre durante as 24 horas do dia.
Bem, os bebês nasceram no dia 31 de janeiro.
Meu pai estavam junto no parto e só viu as crianças quando elas nasceram!
Minha mãe, que estava direto comigo desde que eu fui para Porto Alegre, dia 18 de janeiro, não tinha visto as crianças!
Meu sogro e minha sogra também não!
Durante minha permanência na Neo, fiquei sabendo que no Natal tinham liberado a visita dos avós e que tinha sido muito legal!
Então, pensei.... a Páscoa está chegando.... vou falar com a supervisão da Neo e sugerir que os avós fossem autorizados a visitar os netos (não só os meus, mas de todos os bebês que estavam internados). O máximo que vai acontecer é não ser autorizado!!
Mas aconteceu o contrário: um dia a supervisora Andréia me chamou e disse que os vovôs e vovós poderiam visitar os netos!!!
Imaginem minha felicidade!!!
Principalmente porque minha mãe, que estava direto comigo e, enquanto eu estava na Neo, ficava no saguão do hospital me esperando (muitas vezes por 2, 3 horas), iria conhecer os netos. Durante todo esse período, ela estava sempre comigo me dando a maior força!!
Sempre digo que se não fosse ela, não teria tido tanta força para passar para meus bebês!!!
E agora ela poderia ver, conhecer ao vivo o Mathias, a Carol e o Gui!
Mesmo sendo através do vidro, eles estariam se mexendo, olhando para ela!!
Não mais veria através da câmera, através do computador!
Meu pai também, mesmo de longe, me deu a maior força!! Conversava com ele todos os dias e ele estava acompanhando direto o desenvolvimento do trio!
Bem, foi marcada a visita para 2 dias: 31/03 e 01/04 (quarta e quinta-feira antes da Páscoa).
Nestas datas meu sogro e minha sogra estariam viajando, então infelizmente não poderiam conhecer os netos!
Meu pai tinha consultório e também não poderia ir!
Minha mãe começou a contar as horas para conhecer os pimpolhos!!!
Chegou o dia 31 de março, às 15:30! Minha mãe e várias avós estavam na porta da Neo esperando ser chamadas para (todas) conhecerem os netos.
Não preciso nem dizer que foi um dos melhores momentos que tivemos durante todos esses dois meses!!!
Foi um momento mágico, indescritível... Não tenho palavras para descrever o que sentimos, tanto eu como a mãe, no momento em que ela viu o trio pela primeira vez!!
Como a vovó Camila se comportou muito bem (hehehe), pode ver a turminha de novo no dia seguinte!
Já o vovô Zeca fez uma forçona, fez tudo que podia e conseguiu chegar em tempo de ver/conhecer o trio. Ele já conhecia porque no dia do nascimento ele estava junto (ainda bem) e agora foi re-conhecer os netos!!! Foi muito legal, e mais uma vez não sei descrever a emoção que todos sentimos!!! Foi maravilhoso!!!
As fotos mostram um pouco deste momento, mas não chegam nem perto do que sentimos!!

Vovó Camila conhecendo o trio


Vovô Zeca e Vovó Camila com o trio


Com o Mathias


Com a Carol


Com o Gui

Primeira foto em família

Embora o Mathias, a Carolina e o Guilherme tenham ficado bem juntinhos na barriga da mamãe por 26 semanas e 4 dias, logo após o nascimento cada um foi para sua incubadora e ficaram separados!!
Não víamos a hora de colocarmos os 3 juntinhos de novo!!
No dia 20 de março, eu estava com a Carol no colo e o Marcelo com Gui! Daí, o tio Alexandre e a tia Paty, técnicos que estavam cuidando do trio aquela noite, fizeram uma baderna na nossa sala!! Isso para que pudéssemos tirar a primeira foto em família!!!
Foi o máximo!!
Pela primeira vez, estávamos nós 5 bem juntinhos!!! Como sonhamos com este momento mágico!!!!
Essa foi a primeira foto de muitas!!!
Olhem que momento legal!!

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Idas aos berços

Outro marco importante na Neo é a ida ao berço!
Isso significa dar bye bye à incubadora, que simulou a barriga da mamãe!
No caso do Mathias, da Carol e do Gui, eles deveriam chegar em 1,700kg para que fossem ao berço!
Como eles ainda não conseguem manter a temperatura do corpo sozinhos, precisam estar bem agasalhados e às vezes precisam da ajudinha do aquecimento do berço!
Ir ao berço também significa colocar roupinhas!!! Até então eles ficavam só de fralda dentro da incubadora! Indo ao berço, vestiriam roupas pela primeira vez!
Eu, que já tinha escolhido diversas roupinhas para eles colocarem e, inclusive já levado para o hospital, estava super ansiosa para vê-los vestidos!
A minha irmã Luiza comprou diversas roupas para prematuros que couberam direitinho neles, ou seja, mesmo sendo bem pequenos, as roupinhas serviam e não sobravam!!
Olhem que fofos!

O Gui foi para o berço dia 18/03

A Carol no dia 23/03

E o Mathias dia 29/03

Outras fotos do trio fashion da Neo:
Mathias

Carolina

Guilherme

Todos juntos com a mamãe

Leitinho da Mamãe

Como já contei antes, na sala de recuperação, logo após o parto, minha mãe e eu vimos que já estava começando a vir meu leite!
Fiquei super feliz, pois como ainda estava só com 26 semanas, o corpo ainda não estava preparado para produzir leite! Mas deu tudo certo!!!
Minha super mãe já trabalhou muito tempo com incentivo à amamentação e me ajudou muito!! Minha irmã amamentou o Carlos Eduardo até quase 2 anos e minhas primas também!
Sempre quis amamentar, mas estava em uma situação completamente fora do normal!
Meus bebês tinham nascido prematuros, estavam no CTI e, no início, não iriam mamar no peito!!
Acaba por ai!!! Não mamar no peito, não significa não amamentar!!! Ou seja, "amamentei" o Mathias, a Carol e o Gui desde o 4° dia de vida!! Isso mesmo!
Comecei a tirar leite no segundo dia após o parto. O Hospital Moinhos de Vento não tem banco de leite (tem o CPAE - Centro de Produção de Alimentos Especiais, que faz a pasteurização e distribuição do leite), então eu teria que tirar o meu leite para que meus bebês recebessem leite materno!
No início foi bem difícil, mas minha mãe me ajudou bastante! Tirava leite manualmente (não com a máquina manual!), e contava as gotas que saiam! Cada gotinha era muito importante!! Aos poucos o leite foi aumentando, mas nunca deu para os 3 (se fossem 2 teria sobrado). Então, eles recebiam pre nan.
Tirava de 3 em 3 horas, inclusive a noite, quando juntava o leite e depois levava ao hospital de manhã. A meta do Marcelo era me levar para a Expointer esse ano!!! Hehehe
Uma dica: quando forem tirar leite usem a máquina elétrica!! Nem experimentei a manual, mas pelo que dizem é muito ruim!! Com a elétrica dava até para tirar um cochilo (hehehe)!!! Eu aluguei uma e foi ótimo! Estou com ela até hoje, pois às vezes tiro um pouco de leite!
Bem, o trio começou a receber leite materno no dia 04 de fevereiro. Foi um banquete!! 1,5ml de 2 em 2 horas!!! Primeiro a dieta era contínua (durante as 2 horas), depois passou para 1 hora, meia hora e por último gavagem. Antes estavam recebendo alimentação parenteral (pela veia).
O leitinho era dado aos bebês através de uma sondinha gástrica que vai direto ao estômago (aquele "bigodinho" de esparadrapo nas fotos é para fixar a sondinha).
Conforme a evolução e aumento de peso, o volume era aumentado, até eles passarem para a dieta de 3 em 3 horas (coisa de bebê grande!!!).
Então, como vocês puderam ver, eu estava amamentando e ajudando muito os meus bebês com meu leite, mesmo sem dar o leite diretamente para eles!
Ao atingirem 1,5kg passaram a mamar no peito!!
Nossa, eu contava as graminhas de cada um deles para que isso acontecesse! Queria muito que eles mamassem em mim!!!
Demorou um pouco, mas aconteceu!
Na primeira vez, eles vêm para o peito só para cheirar e dar um experimentada!! Não é que os três já começaram a sugar direto!!
O Gui mamou pela primeira vez no dia 11/03. Foi muito legal, pois foi a primeira vez que estava amamentando na minha vida!!
Não via a hora desse momento chegar!!
A Carol no dia 18/03. O Mathias no dia 23/03!
Todos foram muito bem, e mamavam, no início, uma vez por dia, depois 2 vezes, 3 vezes, até ter o peito liberado!
Era uma maratona, pois, depois que o Mathias começou a mamar, tinha que dar peito para os três! Então, dava peito para 2 e o terceiro ganhava o leitinho pela sonda!
Deu super certo e até hoje o trio mama super bem e adoram!!!!!
Mãe, valeu por toda a ajuda!!! Se não fosse tu, não teria conseguido!!!!

Primeiro leite que eu tirei


Gui mamando seu primeiro 1,5ml


Primeiro peito do Gui


Primeiro peito da Carol


Primeiro peito do Mathias

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Primeiro Mesversário

Todos os meses comemoramos o mêsversário da turminha!!!
No primeiro mês, tivemos um problema: definir quando a turminha estaria completando 1 mês de vida!!!
Como eles nasceram no dia 31 de janeiro, não sabíamos quando seria: dia 28/02 (último dia do mês), dia 02/03 (30 dias) ou 03/03 (31 dias)!
Conversamos com o médico e ele disse que era sempre no último dia do mês!!! Problema resolvido!!! Hehehe Agora comemoramos sempre no último dia do mês!
Bem, no primeiro mêsversário da turminha levamos negrinhos (brigadeiros) para a Neo e o pessoal amou!!!!
O trio também ganhou cartazes de parabéns!!!
Foi um mês de grandes conquistas desses pequenos guerreiros!!! Muito aconteceu, mas eles só evoluiram!!!
Parabéns meus amores!!!!

Parabéns ao trio


Negrinhos prontos - tem todos os meses


Parabéns Mathias



Parabéns Carolina



Parabéns Guilherme

Primeiro Kg

Como já havia dito, meu trio nasceu com menos de 1kg: Mathias com 895g, Carolina com 840g e Guilherme com 960g!
O Mathias chegou a pesar 745g, a Carol 710g e o Gui 820g.
Cada graminha conquistada é uma vitória!! Nunca demos tanto valor a 5 gramas... Quem é ou foi mãe de CTI sabe bem o que eu estou falando!!
Então, chegar em 1 kg é uma vitória muito comemorada por todos!! E com razão, pois a partir daí parece que o desenvolvimento dos bebês melhora muito!!
O Gui foi o primeiro a atingir 1kg. Foi no dia 10/02 - 1005g!! 4 dígitos muito comemorados!
A Carol, mesmo nascendo menorzinha, chegou em 1kg antes do Mathias. Foi no dia 26/02 e chegou a 1020g!
O Mathias atingiu 1kg redondo no dia 01/03. Isso foi depois de receber o sangue da vovó Camila, pois precisou de uma transfusão porque estava com um pouco de anemia!
A partir daí só foram para frente, e chegar em 2kg foi uma questão de pouco tempo!!!

Cartaz do Gui


Gui com 1Kg


Cartaz da Carol


Carol com 1Kg


Cartaz do Mathias


Mathias com 1kg