quinta-feira, 17 de junho de 2010

As mamadas noturnas

Em outra postagem já contei como são as mamadas aqui em casa: durante o dia dou peito e complemento e à noite, como estava muito cansativo e demorado dar o peito, resolvemos que seria só mamadeira.
Nós nos revezamos (minha mãe, o Marcelo e eu) nas noites livres (ou seja, um de nós pode dormir a noite toda!!!!), então sobram dois para as mamadas noturnas.
Quando eles acordam começamos a função com a preparação das mamadeiras. Depois pegamos o primeiro que chora (que normalmente é o Gui), trocamos e aí vai para a mamadeira.
Daí já começamos a função com o segundo (mesmo que esteja dormindo, acordamos), da mesma maneira.
Nisso, o terceiro ainda está dormindo (ou não..... hehehe) e terá que esperar sua vez de mamar (geralmente espera pelo menos meia hora!!)!!
E não é que sempre esperam tranquilamente, com raras exceções!!!
Sempre dá certo, pois se começa um resmungo maior, colocamos na nossa cama, onde estamos dando mamadeira para os outros dois, e tudo fica tranquilo, até chegar a vez!!

Olhem o registro que fiz: o Marcelo dando mamadeira para o Gui, a Carol já trocada me esperando para mamar e o Mathias, no meio, esperando a vez dele

2 comentários:

Andrea disse...

Quem diria hein Maninho???? Muuuuuito legal! Bjao pra vocês!

Os pais dos trigêmeos de Natal disse...

Mariana

Gostei da explicação das mamadas, os meus bebês também ficam na fila de espera e quando um está demorando demais perde a vez para o próximo da fila, e volta para o final da fila. É muito engraçado como temos que organizar tudo nesta vida de múltiplos, caso contrário o caos é grande.

Você conseguia dar somente peito de dia? Se eu fizer isto eles ficam muito tempo no peito e logo logo estão com fome de novo. Então dou peito e mais complemento.

Hoje o bico de latex rasgou e tivemos que usar o bico da mamadeira da Nuk. Fiquei morrendo de medo deles não quererem mais mamar, mas felizmente deu certo.

Os teus filhos tiveram gases com a mamadeira? Os meus estão sofrendo muito com os gases (flatulência).

Valeu pelas dicas.
Bjos
Teka mãe dos trigemeos de natal